Sistema público de Saúde na Espanha

Sistema público de Saúde na Espanha

Durante todos os anos em que moramos no Brasil, nunca usamos o serviço público de saúde. Como sabemos, lamentavelmente não podemos contar somente com o SUS para cuidar da nossa saúde e por isso, como a grande maioria dos brasileiros, pagávamos por um convênio médico. Mas quando nos mudamos, nos deparamos com uma realidade completamente diferente. 

Logo que chegamos, procuramos entender como funcionava a saúde pública aqui e percebemos que, em todas as especialidades, os melhores médicos eram do serviço público. Já que estávamos em fase de adaptação aqui na Espanha e focando as prioridades dos gastos, decidimos que seríamos os mais novos usuários do “SUS Espanhol”.

Se você nos acompanha no nosso canal, já deve ter visto alguns vídeos sobre o sistema público de saúde na Espanha. Mas como usar-lo?  

Para utilizar o sistema público de saúde na Espanha você terá que estar inscrito na “Seguridad Social”, que é obrigatória sempre que exercer uma atividade trabalhista aqui na Espanha, ou ser beneficiário de um trabalhador (cônjuge, filhos ou irmãos).

Se for estrangeiro, só poderá utilizar-la a partir do momento que inicie sua contribuição ao INSS. Para espanhóis, não é necessário que se tenha contribuido para ter o direito à Seguridad Social. Ela engloba a assistência à saúde e tudo o que está relacionado com a sua vida trabalhista como as parcelas de seguro desemprego, licença médica e aposentadoria. 

Para se inscrever e solicitar a alta na Seguridad Social, você deverá formalizar o documento de reconhecimento de assistência sanitária em um dos centros da Seguridad Social. Com o documento de reconhecimento do direito à assistência sanitária, você deverá solicitar a carteirinha sanitária no centro de saúde que te corresponda.

O centro de saúde realizará a emissão desse cartão, que será individual para a pessoa que tem o direito e para seus beneficiários e, assim que estiver pronta, te enviará ao seu endereço. 

Com a carteirinha em mãos é só marcar uma consulta em seu centro de saúde com seu médico de família, chamado aqui de “médico de cabecera”, que realizará todas as suas consultas e os encaminhamentos necessários para alguma especialidade. 

Esperamos de todo o coração que um dia o Brasil possa usufruir de uma saúde pública digna, de qualidade e igual para todos.

Fonte: http://www.seg-social.es

Leia mais em nosso BLOG: https://demalaedog.com/blog-de-mala-e-dog/

Written By
More from Fernanda Costa

Apostila de Haia

Apostila de Haia Apostila de Haia – Todos os documentos brasileiros precisam...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *